O Sagrado Rapé – Sopro Espiritual

Tenho partilhado convosco as minhas experiências para me conectar cada dia mais com a espiritualidade, com o meu Eu interior, com a minha espiritualidade, com a Mãe Terra. Tudo o que vou tomando consciência quero que vocês também tenham essa oportunidade, pois todos nós nos fazemos falta quando queremos evoluir. TODOS SOMOS UM, então todos estamos aqui uns para os outros.

Quando descobri o Rapé, tomei consciência de que o Rapé faz-nos uma grande limpeza espiritual, mental e física, assim também faz parte das minhas partilhas aqui no site, nas redes sociais e nas minhas consultas.

O que é o Rapé Sagrado?

O Rapé Sagrado é um Sagrado Espírito que vem das plantas, cascas e sementes sendo a base deste, o tabaco orgânico (não confundam com o tabaco comercial, pois o tabaco orgânico tem um espirito e é usado sempre num contexto espiritual). Para o Rapé Sagrado ser preparado, primeiro é triturado, depois moído, pilado e então peneirado até se transformar num pó. Quando temos o pó feito, adiciona-se a um outro composto que são as cinzas de cascas de árvores ou plantas diversas, sendo que cada uma tem uma finalidade e tratamento diferentes.

Desde o colhimento e durante toda a preparação até chegarmos à finalização do Rapé, são feitas muitas rezas e enviada muita energia espiritual, para se conseguir um Rapé de qualidade. Pois é algo que vai trabalhar na nossa energia e tudo o que trabalha em energia deve ser feito tendo conhecimento sobre a espiritualidade e rituais sagrados.

Clarear a mente para receber as mensagens certas

O Rapé é uma medicina ancestral que já vem dos povos Indígenas de diversas etnias da Amazónia, que desde à muitos anos consagram esta Sagrada Medicina em rituais espirituais. É utilizado para limpar o cérebro antes de tomar a Ayahuasca e assim ajudar na concentração para pedirmos aquilo que desejemos que aconteça na nossa vida.

No entanto, o Rapé não é apenas tomado antes das cerimónias de Ayahuasca, também se fazem rituais espirituais sagrados apenas com o uso do Rapé, para clarear a mente e apontar para o caminho que é bom seguirmos. É importante ter uma boa intenção momentos antes de receber o Rapé, é importante estar com bons pensamentos daquilo que queremos realizar, e depois sim, receber o sopro do Rapé.

Quais Rapés devemos utilizar?

São múltiplas as combinações de cinzas e sementes que podemos usar, dando ao Rapé uma força de cura e poder próprios (visão espiritual, abertura de consciente, limpeza, mente clara, foco, guia, etc.). O importante é usar sempre o Rapé Sagrado.

Não confundir com o Rapé industrializado (normalmente vendido em embalagens redondas de metal), pois o Sagrado Rapé é feito com rituais onde existem cânticos, rezas e invocações aos espíritos da cura, da luz e aos espíritos da floresta. Os Rapés industriais não são puros e não são espirituais, são mesmo prejudiciais à saúde, por essa razão é muito importante saber qual o Rapé que estamos a utilizar, pois se não é um bom Rapé os resultados não vão ser nem espirituais, nem sagrados, mas sim um vício.

O Rapé vícia?

Não o Rapé não é uma droga, é uma medicina espiritual, e assim que não cria vícios. O Sagrado Rapé auxília nos tratamentos de vários vícios, como os das drogas, pornografia, álcool, entre outros, pois clarifica a mente e ajuda no entendimento do que é bom para nós. Dá-nos a clareza de espirito e conexão com o nosso Eu interior.

O Rapé Sagrado tem uma forte cura e para que esta cura possa existir, deve ser sempre usado com respeito e seriedade e sempre num contexto ritual e espiritual. O Rapé Sagrado nunca deve ser cheirado e sim soprado, para isso existem dois instrumentos que usamos para aplicar o Rapé: o auto-aplicador (que chamamos de CURIPE) e o aplicador (que chamamos de TEPI). O Curipe tem um formato que liga a boca ao nariz (a uma ou duas narinas) e assim podemos fazer o nosso próprio sopro. O Tepi é um cano com uma entrada e uma saída para ser aplicado a outra pessoa. Neste caso chamamos de “Passar o Rapé”.

Receber o sopro do Rapé

Podemos usar auto-aplicador do Rapé a nós próprios, mas também podemos receber o sopro de uma outra pessoa. Neste caso é importante sabermos quem nos vai aplicar o Rapé, tem de haver uma ligação energética ou confiança na outra pessoa. Pois o facto de “Passar o Rapé”, envolve muita energia, assim a pessoa que nos passa o Rapé tem de ter uma boa energia, uma vez que há uma grande ligação energética, há uma troca de energias quando usamos o Tepi e aplicamos o sopro na outra pessoa ou quando o recebemos.

No sopro do Rapé existe uma troca muito grande energética

É também muito importante não passar o Rapé pela primeira vez sozinho, pois não há experiencia ainda e a primeira vez pode não ser agradável. O Rapé Sagrado nas primeiras vezes pode ser muito forte e deixar algumas tonturas, frios ou mesmo vómitos.

Mesmo depois de algumas vezes, alguns rapés dão uma sensação de ardor ou tonturas, o que termina rapidamente, vindo depois uma sensação de êxtase e relaxamento. Podem ainda provocar o vómito que não deve ser bloqueado, pois é uma das formas de limpeza ou a diarreia. É importante que nas primeiras vezes a pessoa que recebe o sopro, fique com a cabeça ligeiramente para baixo, mantendo os olhos fechados (o que pode começar a escorrer do nariz e da boca alguma secreção), é tudo natural, é a limpeza a ser feita. Assim é importante aceitar as sensações que o Rapé liberta em nós, pois tudo é uma cura para o bem maior. O Foco é muito importante neste momento, assim como manter a intenção pedida antes de receber o sopro pelo Tepi ou pelo Curipe.

Os benefícios do Rapé entram numa dimensão espiritual, mental, emocional e física, trazendo a cura a diversas patologias e vícios. Várias tribos usam a expressão “Passar o Rapé”, no momento em que abrem uma roda para usar a medicina, mesmo antes de iniciar a cerimónia de Ayahuasca. Quem vai receber o sopro deve estar com a respiração suspensa e bloquear a garganta, até receber o sopro, que deve ser feito sempre nas duas narinas para manter o equilíbrio. Depois fecha os olhos e deixa o corpo, a mente e o espirito receberem as mensagens.

A cerimónia segue depois com cânticos, músicas e orações, sopros, assobios, estalar de dedos e sons de instrumentos como o maracá e o tambor, que ajudam a manter o foco na medicina e a afastar tudo o que não bom para o momento presente.

Rapé em Portugal

A minha primeira experiência foi aqui em Portugal, num retiro com a Ayahuasca. Já tinha lido sobre o Rapé, mas não tinha entendido realmente como funcionava esta medicina. Quando recebi o meu primeiro sopro parecia que o meu corpo tinha saído de mim. Um frio enorme era a única coisa que me fazia saber que estava aqui presente, pois a minha mente rapidamente viajou. Foi uma sensação maravilhosa apesar de no momento custar a passar. Mas em menos de 2 minutos estava perfeita e com uma clareza e mente abertas pronta para receber a Medicina Ayahuasca.

Nessa noite durante a cerimonia com a Ayahuasca, recebi mais dois ou três sopros, o que em todas as vezes me provocava o vómito e tonturas enormes. Mas era uma sensação muito rápida e logo a seguir vinha a clareza da mente, as mensagens, as certezas e confianças no que fazer a seguir. No entanto preocupada perguntei ao meu agora Mestre da Medicina Sagrada, se era normal vomitar sempre depois de receber o Rapé, ao que ele me disse com imenso carinho que o “Rapé vai cumprimentar a Ayahuasca e auxilia a fazer aquilo que pode Ela ainda não ter feito”. E assim vem a limpeza em forma de purga ou a diarreia, que é a forma como limpamos o nosso corpo físico.

Depois e várias cerimónias a receber e a auto-aplicar o Rapé Sagrado a mim mesma, a pedido dele comecei a aplicar o Rapé noutras pessoas nas aberturas das cerimónias e durante estas. O que me levou a ligar-me muito a esta medicina e assim liga-la com as minhas terapias e consultas. Pois o Rapé têm-me ajudado imenso a focar naquilo que é bom para mim e eu quero partilhar isto convosco, não quero que hajam limites na evolução espiritual. Hoje também passo o Rapé na terapia de “Cura com Rapé Sagrado“. Podem ler mais informações no link.

Se querem receber esta medicina vejam na secção CONSULTAS ou cliquem diretamente em “Cura com Rapé Sagrado” para receberem o meu sopro de Luz e Amor.

A natureza é perfeita, deu-nos tudo o que precisamos para curar qualquer patologia, assim se queres encontrar o teu caminho, vê como te posso ajudar. As minhas consultas e terapias estão disponíveis para ti aqui no site na secção CONSULTAS. Podes ainda ver os eventos na secção EVENTOS e os cursos e workshops na secção APRENDER. Tudo sempre para fazer vibrar a tua vibração interior.

Segue-me aqui nas redes sociais:
Instagram | Facebook | Youtube

Luz e amor,
Carina Barbosa

By | 2018-11-02T11:56:29+00:00 Novembro 2nd, 2018|Alma|0 Comments

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.