Sopa de Curgete na Caneca (Ayurvédica)

– Vídeo da receita em baixo –

Esta receita faz-me lembrar a minha viagem à Holanda. Assim que entrei no avião e encontrei o meu lugar, sentei-me e no banco à minha frente, haviam aqueles papeis com imensas informações de bordo – que eu acabo sempre por ler – não sei porquê, mas ao menos fico prevenida, ihih 😊 – fico a saber onde é que se encontram as portas de urgência, dicas para caso o avião tenha alguma turbulência e as normas típicas de uma viagem de avião. Não tenho medo de andar de avião, eu ADORO andar de avião, sentir a falta de chão numa perspectiva de ave – continua-me a ligar ao divino, agora de uma forma diferente. Agora numa forma de pássaro gigante, que neste caso trata-se de um pássaro de metal.

Nas alturas e na terra

Mas também gosto do chão e do contacto com novas energias, com novas raízes e alimentar o meu Ser com energia de um outro campo energético. Todos os locais têm a sua energia e conhecimento diferentes. Por isso sabe tão bem em cada local novo que visitemos, ligarmo-nos ao chão desse novo espaço. E pedir uma energia nova e boa para nós.

na viagem

Bem, estava a dizer – nestes bancos, aqueles que nos sentamos e nas costas do banco da frente, encontram-se os imensos papeis de bordo, nestes bancos também existe o menu de bordo, algo que não costumo consumir nos aviões, não apenas por se tratarem de refeições não vegetarianas, mas porque acabam sempre por ser refeições com açúcar, aditivos e outras substâncias que não consumo – e ando quase sempre com comida atrás ^^ (bem, na realidade é mais o Artem que traz a comida). Acabo por ler o menu, porque gosto de saber quais os pratos que servem no avião, pois muitos deles são a imagem do que no país é habitual comerem e eu sou curiosa. E uma sopa na caneca saltou-me à vista. Não pelos ingredientes, mas pela primeira vez ver uma sopa dentro de uma caneca e não a comer de colher, mas sim ao jeito da [Bela e o Monstro] – bebê-la.

Sopa na Caneca a bordo do avião

Durante a minha estadia na Holanda, via imensas vezes sopas na caneca e no retiro que fui fazer – serviram-nos exactamente uma sopa na caneca, que ficámos completamente apaixonados por esta nova forma de comer sopa e vegetais. Claro que tivemos de pedir a receita e qual foi o nosso espanto – uma receita Ayurvédica e tão adaptável, como saborosa? Podemos fazer imensas combinações, mas esta combinação verdinha, com curgete foi a eleita. Não só porque foi aquela que numa viagem tão espiritual nos foi servida, mas também pelo sabor tão simples e delicioso de uma receita (sopa) Ayurvédica. Que fica agora aqui registada.

A Ayurveda na nossa vida

Quando conheci esta sopa, também fiquei a saber que é uma sopa Ayurvédica, pois contem ingredientes muito simples e desintoxicantes. A Ayurveda é originária da India e é uma medicina ligada à vida e a tudo o que é natural. É para mim a que mais me identifico e que gosto de acompanhar. Com esta medicina conseguimos manter e equilibrar os nossos níveis de saúde e mante-los sempre estáveis, pois tudo o que comemos está de acordo com o nosso corpo no momento presente. A base desta prática é o equilíbrio de acordo com o nosso corpo, mente e espirito – e fazer uma alimentação de acordo com estes estados é tão puro como agradável.

P.S – Obrigada Marie, pelo teu amor, pelo teu grande apoio, pela maravilhosa experiência. Estamos eternamente gratos.

Vamos preparar a receita? 😊

Vejam o vídeo da receita em baixo.

Autor: Be Pure Inside
Vegan
Cru
Sem-Glúten
Requer Prep.
Preparação: Fácil
Duração: 30 m
Serve: 4

Ingredientes
  • 4
    Batatas, médias
  • 2
    Curgetes
  • 1
    Pimento vermelho
  • 1
    Cebola
  • 1,5L
    Água
  • Azeite, a gosto
  • 2
    Dentes de alho
  • 1 c. chá
    Açafrão (usei fresco)
  • ½ c. sopa
    Sementes de mostarda
  • 1 c. chá
    Cominhos
  • 1
    Ramo de coentros, frescos
  • 1 c. chá
    Caril (opcional)
  • 1 c. chá
    Sal (usei flor de sal)
  • Hortelã, para decorar

  1. Corte as batatas e a curgete em cubos. Corte o pimento e a cebola em pedaços pequenos.
  2. Numa panela coloque as batatas e adicione a água. Leve a ferver e deixe cozinhar durante 15 minutos ou até as batatas ficarem cozidas.
  3. Numa frigideira antiaderente aqueça o azeite. Coloque a cebola e deixe refogar, até a cebola ficar translúcida.
  4. Junte o pimento e deixe refogar mais um pouco.
  5. Esmague os dentes de alho e tempere com açafrão, sementes de mostarda, cominhos, coentros frescos, caril (se utilizar) e sal. Envolva tudo e deixe apurar, durante 3 minutos.
  6. Quando as batatas estiverem cozidas, junte o refogado e a curgete, deixe cozer mais 10 a 15 minutos.
  7. Triture tudo com a varinha mágica ou num processador de alimentos, até ficar com um creme.
  8. Sirva a sopa em canecas e decore com algumas folhas hortelã.
  1. (eu opto por cozer as batatas à parte numa panela) Corte as batatas e a curgete em cubos. Numa panela coloque as batatas e adicione a água. Leve a ferver e deixe cozinhar durante 15 minutos ou até as batatas ficarem cozidas.
  2. Coloque no copo da Bimby a cebola e os pimentos, programe 5 seg | vel 4
  3. Adicione 50ml azeite e programe 5 min | temp 100ºC | vel 1
  4. Esmague os dentes de alho e tempere com açafrão, sementes de mostarda, cominhos, coentros frescos, caril (se utilizar) e sal, programe 3 min | vel 3
  5. Quando as batatas estiverem cozidas, verta as batatas juntamente com a água para a bimby e adicione a curgete, programe 15 min | temp 100ºC | vel 3
  6. Para ficar em creme, programe 1 min | vel 9
  7. (caso a Bimby esteja muito cheia faça a trituração por duas partes, retirando um pouco os ingredientes para um recipiente)
  8. Sirva a sopa em canecas e decore com algumas folhas hortelã.

Sugestão e notas
Pode substituir as batatas por: abóbora, cenoura, lentilhas, feijão.
Pode substituir as curgetes por: brócolos, tomates, cogumelos, espinafre ou pimento.
Esta é uma sopa Ayurvédica: é simples e desintoxicante.

Luz e amor,

Carina Barbosa

Vídeo da receita – Sopa de Curgete na Caneca (Ayurvédica)
By | 2017-10-09T21:55:51+00:00 Setembro 28th, 2017|Pratos Principais, Receitas|0 Comments

Leave A Comment