Os chakras – o que são e como cuidar

Antes de vos explicar o que é são os chakras, como alinhar, energizar, desbloquear e como cuidar deles, convido-vos a ver aqui no site Be Pure Inside o separador VidaSéries [À conversa com os chakras de]. Uma série de entrevistas escritas, onde ficam a conhecer bloggers que também acreditam que passar a mensagem é algo que vieram cá fazer.

O que são os chakras:

Os chakras são campos energéticos, são um vórtex de luz e energia que estão dispostos em 7* cores ao longo da nossa espinha dorsal. Os chakras encontram-se no nosso campo áurico (na nossa aura) e nos nossos corpos etéricos. Para além do nosso corpo físico, também temos os nossos corpos etéricos (corpo físico, corpo mental, corpo emocional, corpo astral e corpo espiritual). Sempre que temos alguma doença, algum mal estar, alguma dificuldade, iniciam-se sempre nos corpos etéricos e depois vai descendo até ao nosso corpo físico – altura em somatizamos e finalmente nos apercebemos da situação. A limpeza, energização e equilíbrio energético dos chakras, vai ajudar também na limpeza dos corpos etéricos até chegar ao físico.

Os chakras – Centros de Energia e Luz

Cada um de nós, tem vários chakras pelo corpo todo: mãos, pés, braços, pernas, entre outros locais, mas os 7 chakras que falo aqui neste artigo, são os mais conhecidos e principais de momento. Os 7 chakras estão ligados a diferentes órgãos e glândulas do nosso corpo, o que os torna responsáveis pela nossa energia de vida (também conhecida por “chi”, “Qi” ou Praana).

* existem mais chakras nomeadamente o chakra do timo. Que fica entre o chakra do coração e o Chakra da garganta. Está muito ligado ao amor incondicional. Existem ainda chakras a cima da nossa cabeça e abaixo dos nossos pés. Mas estes chakras são menos conhecidos. (algo que vou deixar para outros artigos)

Os chakras podem estar muito ativos, pouco ativos ou mesmo bloqueados. Assim como também podem encontrar-se desarmonizados e desalinhados. Assim é importante mantermos os chakras equilibrados, energizados e alinhados, para que a nossa vida física, emocional, psicológica e espiritual esteja em pleno. Quando algo na vida não está como gostaríamos pode estar a existir alguma falta de enraizamento do nosso Ser, os chakras podem ficar bloqueados, desalinhados ou mesmo sem energia. Mas existem formas de os desbloquear, alinhar e mesmo devolver a energia. (mais em baixo encontras algumas técnicas)

Os chakras estão dispostos em 7 cores diferentes e cada uma pertence a um determinado local. Por isso as cores também são tão importantes na nossa vida. Vê em baixo, como os chakras estão dispostos, quais as suas cores e os nomes em sanscrito.



7º Chakra da Coroa (em sanscrito: Sahasrara)
6º Chakra do Terceiro Olho (em sanscrito: Ajña)
5º Chakra da Garganta (em sanscrito: Vishuddha)
4º Chakra do Coração (em sanscrito: Anahata)
3º Chakra do Plexo Solar (em sanscrito: ManiPura)
2º Chakra do Sacro (em sanscrito: Swadhisthana)
1º Chakra da Raiz (em sanscrito: Muladhara)

1º – Chakra da Raiz

O Chakra da Raiz é o primeiro, e vibra a energia dele na base da colona vertebral. Está ligado à relação com a terra, por essa razão é o chakra que enraíza. Está associado à segurança geral da vida, aos instintos básicos, à vitalidade e paixão, à sobrevivência e independência financeira. É a base para a expansão da vida.
Quando equilibrado: dá-nos equilíbrio físico, enraizamento, paciência, boa situação financeira, ligação com a Mãe Terra; vida material, física e mental em harmonia
Quando desequilibrado: a pessoa vive em modo de sobrevivência; sente insegurança física e psicológica, em constante negatividade e cinismo. Preocupação com o trabalho, ou dificuldade em descobrir a profissão que gosta, problemas financeiros, situação irregular com a habitação (pessoas que mudem frequentemente de casa, o mesmo se fizerem muitas viagens), ou mesmo distúrbios alimentares. Este chakra reage aos problemas regidos pelo medo.
Quando em excesso: a pessoa vive uma vida de materialismo, ganância, ilusão, desinteresse e desequilíbrio na vida.
Problemas físicos: ossos
Ligação física: está ligado à glândula sexual
Cor: vermelho
Elemento: TERRA

2º – Chakra Sacro

O Chakra do Sacro é o segundo, e concentra a energia dele 3 dedos abaixo do umbigo. Está ligado ao elemento água e por isso ligado às emoções, sensualidade e criatividade. É o chakra que nos impulsiona a criar. Por isso está tão ligado aos projetos pessoais e profissionais. Ao desejo e prazer sexual, à reprodução e aos relacionamentos.
Quando equilibrado: existe criatividade, emoção com qualidade, desejo pela vida.
Quando desequilibrado: a energia da auto-confiança, auto-estima e amor-próprio são os primeiros sinais que se estabilizam. A criatividade é escassa e no amor despertam-se os ciúmes e a insegurança na relação, os bloqueios também podem ainda desenvolver a frigidez. Por vezes existe pouca vontade de viver ou encontrar a alegria na vida. Também o apetite fica alterado, o que desperta uma dificuldade na relação com a alimentação.
Quando em excesso: pode provocar dores abdominais, e uma grande tentação aos vícios e à sexualidade. Gosto por locais muito movimentados (como bares e discotecas).
Problemas físicos: zona reprodutora, dificuldade em engravidar
Ligação física: está ligado ao sistema linfático, aos órgãos reprodutores femininos, intestino grosso, pelvis, bexiga, entre todos os que se apresentam na mesma zona
Cor: laranja
Elemento: ÁGUA

3º – Chakra do Plexo Solar

O Chakra do Plexo Solar é o terceiro e situa-se na zona do diafragma. Está ligado ao elemento fogo, o que lhe concerne a energia do poder pessoal. Este chakra ao encontrar-se no meio do corpo, cria um canal de ligação entre o mundo interior e a afirmação com o mundo exterior. Vibra a energia da responsabilidade e da auto-confiança e independência.
Quando equilibrado: existe confiança, e a pessoa acredita no seu poder. Existe alegria, energia e respeito por si e pelos outros.
Quando desequilibrado: existe falta de energia e falta de confiança. A alegria da lugar à tristeza, apatia e stress. O bloqueio deste chakra torna a pessoa presa nos pensamentos negativos, o que não permite aproveitar a vida com a visão de beleza e evolução.
Quando em excesso: a confiança extrema pode atrasar o processo de evolução, pois não permite a mente calma para receber novas informações.
Problemas físicos: problemas de estômago e digestão
Ligação física: está ligado às glândulas supra-renais
Cor: amarelo
Elemento: FOGO

4º – Chakra do Coração

O Chakra do Coração é o quarto, situa-se no centro do peito, perto da zona do coração e está ligado ao elemento ar. É o chakra da beleza e do amor, cria a ligação ao amor incondicional e à compaixão por todos os Seres. É o chakra central que unifica a ligação terrena (três chakras inferiores) e espiritual (três chakras superiores), é o centro de tudo o que o Homem procura, por essa razão é um dos principais chakras.
Quando equilibrado: sentimos amor-próprio, alegria pelo que conquistamos, amor por tudo o que nos rodeia
Quando desequilibrado: este chakra provoca a perda da essência principal da vida, amor-próprio e pelos outros. Todas as ligações da vida, como os relacionamentos amorosos e sociais, o perdão, a mudança, a atitude e vontade de ser cada vez melhor, deixam de fazer sentido e perdem força. Existe sentimento de solidão e abandono, dificuldade em ter relacionamentos de amizade, medo e mágoa.
Quando em excesso: existe uma grande necessidade de atenção e sentimento de posse, raiva, inveja e desconfiança.
Problemas físicos: problemas de coração, pulmões
Ligação física: está ligado ao timo e a à linfa
Cor: verde ou rosa
Elemento: AR

3º – Chakra da Garganta

O Chakra da Garganta é o quinto e está localizado no centro do pescoço na zona da garganta. Está ligado ao elemento éter e ao som, tornando-o o chakra da comunicação ao propagar pelo ar o som. A comunicação é um dos maiores meios de expressão, onde se propaga a palavra, a verdade como meio de evolução. Está muito ligado ao propósito de vida e à criatividade, pois tem uma forte ligação ao segundo chakra, sacro.
Quando equilibrado: existe uma boa comunicação, ouvir e respeitar um assunto, voz equilibrada, ser verdadeiro nas palavras, habilidade e expressão artística, capacidade de materializar projectos.
Quando desequilibrado: insegurança, timidez e introversão. Dificuldade em comunicar em público, vergonha da voz e de pronunciar palavras. Não conseguir dizer aquilo que acredita que devia dizer – dizer a sua verdade. Prevalece a mentira e a desordem verbal interna e externa. Os pensamentos negativos que chegam da mente, são articulados interiormente pelo chakra da garganta.
Quando em excesso: nexiste um descontrolo excessivo na comunicação e mesmo em saber ouvir os outros. Pode gerar comunicação mesquinha ou mesmo agressiva. Querer ser o centro das atenções num conversa, falar por cima de outras pessoas, usar palavras não bonitas (asneiras) são frequentes.
Problemas físicos: tiroide, garganta
Ligação física: Está ligado esôfago, as orelhas, a garganta, a tireóide, as mandíbulas, os dentes e as vértebras do pescoço
Cor: Azul claro
Elemento: ÉTER / ATMOSFERA

2º – Chakra do Terceiro Olho

O Chakra do Terceiro Olho é o sexto e está localizado no meio das sobrancelhas. Está ligado ao elemento luz, o que torna mais clara a visão e intuição. Este chakra está ligado ao centro do conhecimento, à intuição e inspiração. Ligado à visão para além dos olhos físicos.
Quando equilibrado: boa intuição e acreditar nela, ver para além do que os olhos físicos vêm, boas capacidades telepáticas, mediunidade, probalidade de visões, conhecimento da “morte” o que não desenvolve o medo dela, conhecimento do além, boa capacidade de concentração e senso comum, boa capacidade de meditar e visualizar.
Quando desequilibrado: existe a falta de fé e de ligação ao mundo espiritual.
Quando em excesso: existe uma lógica e racional da vida, excesso de preocupações, excesso de compromissos, muitos pesadelos e medo constante mesmo quando acordado.
Problemas físicos: dor de cabeça (parte da frente), problemas de olhos, tensão muito alta ou muito baixa.
Ligação física: está ligado à glândula pineal ou pituitária
Cor: azul índigo
Elemento: LUZ (todos os elementos combinados)

7º – Chakra da Coroa

O Chakra da Coroa é o sétimo e está localizado mesmo no topo da cabeça. É o chakra do elemento espaço e que acesso a elevados estados de consciência universal. É o Chakra que nos liga e conecta à luz e ao divino. É o final dos 7 chakras. É como que um caminho desde o chakra mais terrestre até ao chakra mais espiritual, assim como a nossa jornada aqui na Terra.
Quando equilibrado: somos capazes de fazer coisas extraordinárias, conseguimos transcender as leis da natureza. Temos uma capacidade de entendimento pela vida e pela “morte”.
Quando desequilibrado: existe falta de conexão, bloqueios e desinteresse na espiritualidade e solidão.
Quando em excesso: sentimento de superioridade face ao Divino e forte crença de que não existe superioridade.
Problemas físicos: dores de cabeça fortes, problemas no cérebro e memória fraca.
Ligação física: está ligado à glândula pituitária, ao sistema nervoso, ao cérebro e à cabeça.
Cor: violeta ou roxo
Elemento: ESPAÇO (como um todo)

Podemos ver os chakras como um canal que nos liga directamente à Mãe Terra e ao Universo. Este feixe de luz, passa no nosso centro como se tivéssemos um tubo de ligação directa. Costumo ver também o chakra do Plexo Solar como um outro tubo que nos liga ao meio envolvente. Assim temos um tubo de luz vertical (Terra – Universo, Universo Terra) e um tubo de luz horizontal (Tu – meio envolvente, meio envolvente – tu). Quando estes feixes de luz estão alinhados, mais fantástica é a nossa vida, mais evolução podemos usufruir e mais resultados aparecem.

Chakras alinhados, equilibrados e energizados são os segredos para uma vida em pleno

Os chakras mantêm-se alinhados quando estamos felizes, quando fazemos o que gostamos, quando gostamos do próximo, quando a vida é calma e tranquila e quando trazemos a espiritualidade até nós. Contudo, podem desquilibrarem-se, desarmonizarem-se ou mesmo desalinharem-se. Nestes casos, existem formas de os voltarmos equilibrar, harmonizar e alinhar. Podemos por exemplo, fazer exercícios para cada um deles. Deixo em seguida algumas ideias de como cuidar dos chakras, ou podemos ainda utilizar as terapias.

Exercícios [Técnicas]
1 – Alinhamento rápido dos chakras:

Senta-te em forma de meditação com a coluna recta. Fecha os olhos e inspira e expira fundo 3 vezes. Visualiza o primeiro chakra e a cor correspondente nesse mesmo local. Faz o mantra associado 3, 9, 27 ou 108 vezes. Passa para o próximo chakra e faz o mesmo visualizando agora a outra cor correspondente e faz o mantra do chakra. Contina a visualizar e a recitar o mantra, um de cada vez até chegares ao último. Sente e acredita agora que os chakras estão alinhados. Inspira e expira 3 vezes e abre os olhos devagar e ao teu ritmo.

Mantras dos chakras:
    1º Chakra da Raiz: LAM
    2º Chakra do Sacro: VAM
    3º Chakra do Plexo Solar: RAM
    4º Chakra do Coração: YAM
    5º Chakra da Garganta: HAM
    6º Chakra do Terceiro Olho: AUM ou OM
    7º Chakra da Coroa: OM, AH ou mesmo o silêncio
2 – Alinhamento rápido dos chakras:

As afirmações positivas, são uma energia maravilhosa para alinhar, revitalizar e energizar os nossos chakras. Podes seguir estas frases ou podes dizer outras semelhantes, porque o resultado é sempre o amor.

Afirmações positivas:
    1º Chakra da Raiz: “Eu sinto-me protegida e segura, eu estou enraizada.”
    2º Chakra do Sacro: “Eu sou criativa e eu tenho criatividade. Eu aceito e agradeço a minha sexualidade com amor.”
    3º Chakra do Plexo Solar: “Eu acredito em mim e nos meus projectos. Eu consigo tudo aquilo que quero e que é bom para mim.”
    4º Chakra do Coração: “Eu amo e eu sou amada. Tudo à minha volta é amor puro. Eu perdoo.”
    5º Chakra da Garganta: “Eu comunico de forma correcta. Tudo o que digo é a verdade e é dita no momento certo.”
    6º Chakra do Terceiro Olho: “Eu aceito e sigo a minha intuição. E eu sinto-me dentro do meu Eu.”
    7º Chakra da Coroa: “Eu aceito o divido que há em mim. Eu sei que sou parte de um todo.”
3 – Alinhamento rápido dos chakras:

Uma outra forma de manter os chakras alinhados é a visualização das cores correspondentes a cada um deles. Esta, assim como as outras duas anteriores, são técnicas muito boas também depois de uma terapia de Alinhamento dos Chakras ou depois de alguma consulta espiritual, pois é como se fosse uma manutenção para manter cuidados os chakras. Fecha os olhos e visualiza uma grande bolha da cor do chakra que queres alinhar a pulsar calmamente na zona que pertence o chakra. Sente que essa cor está a pulsar energia de equilibrio, harmonização e alinhamento. Deixa a cor desaparecer e cria uma nova cor correspondente agora noutro chakra, começa no chakra da raiz até terminares no chakra da coroa.

Vizualização das cores dos Chakras:
    1º Chakra da Raiz: VERMELHO
    2º Chakra do Sacro: LARANJA
    3º Chakra do Plexo Solar: AMARELO
    4º Chakra do Coração: VERDE OU ROSA
    5º Chakra da Garganta: AZUL CLARO
    6º Chakra do Terceiro Olho: AZUL ÍNDIGO
    7º Chakra da Coroa: VIOLETA

Se queres saber se os teus chakras estão alinhados, bloqueados ou com falta de energia. Se ainda precisas de apoio para alinhar, desbloquear ou energizar os teus 7 chakras, entra em contacto comigo através da página de Contactos para marcar uma sessão de alinhamento dos teus 7 chakras e assim desbloquear a tua vida pessoal, profissional e espiritual.

Podes ainda ver as minhas consultas, através da página Consultas. Vê também a minha lista de Workshops, Cursos e Palestras na secção Eventos que tenho preparados para ti.

Segue-me aqui nas redes sociais:

Instagram | Facebook | Youtube

Luz e amor,
Carina Barbosa

By | 2019-11-09T13:13:43+00:00 Setembro 8th, 2017|Alma|0 Comments

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.