Os chakras – o que são e como cuidar

Os chakras são campos energéticos, são um vórtex de luz e energia que estão dispostos ao longo da nossa espinha dorsal. Cada um destes 7* chakras tem uma cor e está também associado a um ou mais órgãos ou glândulas do corpo, o que os torna responsáveis pela energia de vida (também conhecida por “chi”, “Qi” ou Praana).

* Existem mais chakras, nomeadamente o chakra do timo. Que fica entre o chakra do coração e o Chakra da garganta. Está muito ligado ao amor incondicional. Existem ainda chakras nas mãos, pés, braços, pernas, a cima da nossa cabeça e abaixo dos nossos pés, estes são considerados chakras menos conhecidos.

Estes campos energéticos encontram-se no nosso campo áurico (na nossa aura) e nos nossos corpos etéricos (corpo físico, corpo mental, corpo emocional, corpo astral e corpo espiritual). São corpos que vibram numa energia próxima ao nosso corpo físico. Sempre que existe alguma doença, mal estar, dificuldade na vida, entre outros bloqueios, iniciam-se sempre nos corpos etéricos e depois vão descendo até chegar ao corpo físico – altura em que é somatizado o problema e finalmente a pessoa apercebe-se da situação. O que muitas vezes já enraizou e é mais desafiante a cura. A limpeza, energização e equilíbrio energético dos chakras, vai ajudar também na limpeza destes corpos etéricos para prevenir as energias densas.

Os chakras – Centros de Energia e Luz

Os chakras podem ainda estar muito ativos, pouco ativos ou mesmo bloqueados. Também podem estar com falta de harmonia, desalinhados ou a vibrar numa cor e energia diferentes, o que bloqueia os sonhos, as missões e os propósitos de vida. É importante manteres os teus chakras equilibrados, energizados e alinhados, para que a vida física, emocional, mental e espiritual esteja em pleno. Quando algo na vida não está como gostavas, a origem pode estar no bloqueio de um ou mais chakras e estes estarem a precisar de restabelecerem a sua energia e ficarem alinhados.

Em todos os seres existem estes campos vibratórios que estão em constante movimento circular e permitem a consciência interior e o fluxo de energia. Ativares a energia dos chakras é uma das formas de te conectares mais com o teu lado espiritual.

Existem várias formas de desbloquear, alinhar e mesmo devolver a energia podes ver mais sobre a minha Terapia dos Chakras como trabalhar cada um deles e no final todos os chakras.


1º – Chakra da Raiz (em sanscrito: Muladhara)

O Chakra da Raiz é o primeiro, e a sua energia vibra na base da coluna vertebral. Está ligado à relação com a terra, por essa razão é o chakra que enraíza. Está associado ao equilíbrio, à segurança geral da vida, principalmente em relação à habitação, aos instintos básicos, à vitalidade e paixão, à sobrevivência e à independência financeira. É a base para toda a expansão da vida.

Quando equilibrado: existe equilíbrio físico, enraizamento, paciência, boa situação financeira, ligação com a Mãe Terra, vida material, física e mental em harmonia
Quando desequilibrado: a pessoa vive em modo de sobrevivência, sente insegurança física e psicológica, em constante negatividade e cinismo. Preocupação com o trabalho, ou dificuldade em descobrir a profissão que gosta, problemas financeiros, situação irregular com a habitação (pessoas que mudam frequentemente de casa, o mesmo se fizerem muitas viagens), distúrbios alimentares. Este chakra reage aos problemas regidos pelos medos e receios.
Quando em excesso: a pessoa vive uma vida de materialismo, ganância, ilusão, desinteresse e desequilíbrio na vida.
Problemas físicos: ossos
Ligação física: glândulas suprarrenais
Cor: vermelho
Elemento: TERRA

2º – Chakra Sacro (em sanscrito: Svadhishthana)

O Chakra do Sacro é o segundo e concentra a energia três dedos abaixo do umbigo. Está ligado ao elemento água e por isso associa-se às emoções, à sensualidade e à criatividade. É o chakra que impulsiona a união entre a criatividade e a criação. Por esse motivo está tão ligado aos projetos pessoais e profissionais, ao desejo e ao prazer sexual, à reprodução e aos relacionamentos.

Quando equilibrado: existe criatividade, emoção com qualidade, desejo pela vida.
Quando desequilibrado: a energia da auto-confiança, auto-estima e amor-próprio são os primeiros sinais que se estabilizam. A criatividade é escassa e no amor despertam-se os ciúmes e a insegurança na relação, os bloqueios também podem ainda desenvolver a frigidez. Por vezes existe pouca vontade de viver ou encontrar a alegria na vida. Também o apetite fica alterado, o que desperta uma dificuldade na relação com a alimentação.
Quando em excesso: pode provocar dores abdominais, e uma grande tentação aos vícios e à sexualidade. Gosto por locais muito movimentados (como bares e discotecas).
Problemas físicos: zona reprodutora, dificuldade em engravidar
Ligação física: sistema linfático, aos órgãos sexuais, intestino grosso, pelvis, bexiga
Cor: laranja
Elemento: ÁGUA

3º – Chakra Plexo Solar (em sanscrito: Manipura)

O Chakra do Plexo Solar é o terceiro e situa-se na zona do diafragma. Está ligado ao elemento fogo, o que lhe confere a energia do poder pessoal. Este chakra, ao encontrar-se no centro do corpo, cria um canal de ligação entre o mundo interior e a afirmação com o mundo exterior. Vibra na energia da responsabilidade, da autoconfiança, da autoestima e da independência.
Quando equilibrado: existe confiança, e a pessoa acredita no seu poder. Existe alegria, energia e respeito por si e pelos outros.

Quando desequilibrado: existe falta de energia e falta de confiança. A alegria da lugar à tristeza, apatia e stress. O bloqueio deste chakra torna a pessoa presa nos pensamentos negativos, o que não permite aproveitar a vida com a visão de beleza e evolução.
Quando em excesso: a confiança extrema pode atrasar o processo de evolução, pois não permite a mente calma para receber novas informações.
Problemas físicos: problemas de estômago e digestão
Ligação física: pâncreas
Cor: amarelo
Elemento: FOGO

4º – Chakra Coração (em sanscrito: Anahata)

O Chakra do Coração é o quarto e situa-se no centro do peito, perto da zona do coração, estando ligado ao elemento ar. É o chakra do amor e da beleza, criando a ligação ao amor incondicional e à compaixão por todos os Seres. É o chakra central, que unifica a ligação terrena (três chakras inferiores) e espiritual (três chakras superiores), sendo o centro de tudo o que o ser humano procura. Constitui a principal essência e, por esse motivo, é também um dos principais chakras. Quando este chakra está bem equilibrado, harmoniza todos os outros.

Quando equilibrado: sentimos amor-próprio, alegria pelo que conquistamos, amor por tudo o que nos rodeia
Quando desequilibrado: este chakra provoca a perda da essência principal da vida, amor-próprio e pelos outros. Todas as ligações da vida, como os relacionamentos amorosos e sociais, o perdão, a mudança, a atitude e vontade de ser cada vez melhor, deixam de fazer sentido e perdem força. Existe sentimento de solidão e abandono, dificuldade em ter relacionamentos de amizade, medo e mágoa.
Quando em excesso: existe uma grande necessidade de atenção e sentimento de posse, raiva, inveja e desconfiança.
Problemas físicos: problemas de coração, pulmões
Ligação física: timo e à linfa
Cor: verde ou rosa
Elemento: AR

5º – Chakra Garganta (em sanscrito: Vishuddha)

O Chakra da Garganta é o quinto e está localizado no centro do pescoço, na zona da garganta. Está ligado ao elemento éter e ao som, o que faz dele o chakra da comunicação, ao propagar o som pelo ar. A comunicação é qualquer forma de expressão e permite a evolução pessoal. Está muito ligado ao propósito de vida e à criatividade, pois tem uma forte associação ao segundo chakra, o sacro.

Quando equilibrado: existe uma boa comunicação, ouvir e respeitar um assunto, voz equilibrada, ser verdadeiro nas palavras, habilidade e expressão artística, capacidade de materializar projectos.
Quando desequilibrado: insegurança, timidez e introversão. Dificuldade em comunicar em público, vergonha da voz e de pronunciar palavras. Não conseguir dizer aquilo que acredita que devia dizer – dizer a sua verdade. Prevalece a mentira e a desordem verbal interna e externa. Os pensamentos negativos que chegam da mente, são articulados interiormente pelo chakra da garganta.
Quando em excesso: existe um descontrolo excessivo na comunicação e mesmo em saber ouvir os outros. Pode gerar comunicação mesquinha ou mesmo agressiva. Querer ser o centro das atenções num conversa, falar por cima de outras pessoas, usar palavras não bonitas (asneiras) são frequentes.
Problemas físicos: tiroide, garganta
Ligação física: esófago, as orelhas, a garganta, a tiroide, as mandíbulas, os dentes e as vértebras do pescoço
Cor: azul claro
Elemento: ÉTER / SOM

6º – Chakra Terceiro Olho (em sanscrito: Ajna)

O Chakra do Terceiro Olho é o sexto e está localizado no meio das sobrancelhas. Está ligado ao elemento luz, o que torna mais claras a visão e a intuição. Este chakra está ligado ao centro do conhecimento e à intuição. Ajuda na comunicação e energia espiritual, dando a perceção da existência multidimensional, o que ajuda no desenvolvimento de clarividência, clarissenciência, claricognição e clariaudição.

Quando equilibrado: boa intuição e acreditar nela, ver para além do que os olhos físicos vêm, boas capacidades telepáticas, mediunidade, probalidade de visões, conhecimento da “morte” o que não desenvolve o medo dela, conhecimento do além, boa capacidade de concentração e senso comum, boa capacidade de meditar e visualizar.
Quando desequilibrado: existe a falta de fé e de ligação ao mundo espiritual.
Quando em excesso: existe uma lógica e racional da vida, excesso de preocupações, excesso de compromissos, muitos pesadelos e medo constante mesmo quando acordado.
Problemas físicos: dor de cabeça (parte da frente), problemas de olhos, tensão muito alta ou muito baixa.
Ligação física: glândula pituitária
Cor: azul índigo
Elemento: LUZ

7º – Chakra Coroa (em sanscrito: Sahasrara)

O Chakra da Coroa é o sétimo e está localizado no topo da cabeça. É o chakra do elemento universo, que dá acesso a elevados estados de consciência e sabedoria universal. A energia deste chakra proporciona a união com a espiritualidade, com o todo. Traz iluminação, felicidade e alegria à vida e a tudo o que esta envolve. Este chakra liga-se ao primeiro chakra por se situarem nas extremidades. Um co- neta-se com o divino, ao passo que o outro se liga à terra.
Quando equilibrado: somos capazes de fazer coisas extraordinárias, conseguimos transcender as leis da natureza. Temos uma capacidade de entendimento pela vida e pela “morte”.
Quando desequilibrado: existe falta de conexão, bloqueios e desinteresse na espiritualidade e solidão.
Quando em excesso: sentimento de superioridade face ao Divino e forte crença de que não existe superioridade.
Problemas físicos: dores de cabeça fortes, problemas no cérebro e memória fraca.
Ligação física: glândula pineal
Cor: violeta
Elemento: ESPAÇO / UNIVERSO

Os chakras são o canal que liga directamente à Mãe Terra (plano físico) e ao Universo (plano espiritual). Este feixe de luz, passa pelo centro do corpo como houvesse um tubo de ligação direta. Costumo dizer que o chakra da Raiz liga à Terra e o chakra da Coroa ao Universo, assim o chakra do Plexo Solar liga ao meio envolvente. Podes ver como se fosse um tubo de luz vertical (Terra – Universo, Universo – Terra) e um tubo de luz horizontal (Tu – meio envolvente, meio envolvente – tu). Quando estes feixes de luz estão alinhados, mais fantástica é a energia e desbloqueada a vida, mais evolução presente e constante e mais resultados surgem.

Chakras alinhados, equilibrados e energizados é o segredo para uma vida em pleno

Os chakras mantêm-se alinhados quando estás feliz, quando fazes o que gostas, quando amas, quando perdoas, quando a vida é calma e tranquila e quando trazes a espiritualidade até dentro de ti. É possível que num momento mais frágil os chakras se desequilibrarem-se, desarmonizarem-se ou mesmo desalinharem-se. Neste caso, existem formas de os voltarmos equilibrar, harmonizar e alinhar como podes ver na minha Terapia dos Chakras. Até lá podes praticar alguns dos exercícios que deixo aqui para ti.

Estas 3 técnicas seguintes são muito boas para manter os chakras alinhados por exemplo depois da Terapias dos Chakras ou alguma terapia espiritual.

EXERCÍCIOS [TÉCNICAS]

1 – Alinhamento rápido dos chakras:

Senta-te em forma de meditação com a coluna recta.
Fecha os olhos e inspira e expira fundo 3 vezes.
Visualiza o chakra da raiz e a cor vermelha a vibrar no local do chakra.
Faz o mantra associado 3, 9, 27 ou 108 vezes.
Passa para o chakra do sacro e visualiza agora a cor laranja e o mantra do chakra.
Continua a visualizar os restantes chakras e cores e recita o mantra associado, até chegares ao último – chakra da coroa.
Sente e acredita que agora os teus chakras estão alinhados.
Inspira e expira 3 vezes e abre os olhos devagar e ao teu ritmo.

Mantras dos chakras:

    1º – Chakra da Raiz: LAM
    2º – Chakra Sacro: VAM
    3º – Chakra Plexo Solar: RAM
    4º – Chakra Coração: YAM
    5º – Chakra Garganta: HAM
    6º – Chakra Terceiro Olho: OM
    7º – Chakra Coroa: SILÊNCIO
2 – Alinhamento rápido dos chakras:

As afirmações positivas, são uma energia maravilhosa para alinhar, revitalizar e energizar os chakras. Podes seguir estas frases ou podes dizer outras semelhantes, porque o resultado é sempre o amor.

Afirmações positivas:

    1º – Chakra da Raiz:
    “Eu tenho a minha energia e vida protegidas, e seguras. Eu sou estável, enraízo-me e sinto gratidão por tudo o que tenho.”
    2º – Chakra Sacro:
    “Tenho criatividade e acredito em mim. Sinto, aceito e agradeço a minha sexualidade com amor.”
    3º – Chakra Plexo Solar:
    “Acredito em mim e nos meus projetos. Vou a todo o lado e consigo tudo aquilo que quero e que é bom para mim.”
    4º – Chakra Coração:
    “Consigo perdoar, e tudo à minha volta é amor puro. Amo, sinto o amor e a cura que está a ser feita em mim.”
    5º – Chakra Garganta:
    “Comunico de forma correta, clara e fluida. Digo sempre a minha verdade e sei quando é momento de ouvir.”
    6º – Chakra Terceiro Olho:
    “Acredito e sigo a minha intuição. Vejo e coneto-me com o meu Eu Interior e com a minha verdadeira essência.”
    7º – Chakra Coroa:
    “Aceito o divino que há em mim e em todos os Seres. Sei que sou parte de um todo, e esse todo faz parte de mim.”
3 – Alinhamento rápido dos chakras:

Uma outra forma de manter os chakras alinhados é a visualização das cores correspondentes a cada um deles.

Fecha os olhos e visualiza uma grande bolha da cor do chakra que queres alinhar, visualiza-o a pulsar calmamente na zona referente ao chakra.
Sente que essa cor está a pulsar energias de luz, de equilíbrio, harmonização e alinhamento.
Deixa agora a cor desaparecer, e cria uma nova cor correspondente agora a outro chakra.
Podes fazer aleatoriamente conforme o chakra a tratar, ou podes começar no chakra da raiz e ires até ao chakra da coroa.

Visualização das cores dos Chakras:

    1º – Chakra da Raiz: VERMELHO
    2º – Chakra Sacro: LARANJA
    3º – Chakra Plexo Solar: AMARELO
    4º – Chakra Coração: VERDE OU ROSA
    5º – Chakra Garganta: AZUL CLARO
    6º – Chakra Terceiro Olho: AZUL ÍNDIGO
    7º – Chakra Coroa: VIOLETA
Se queres transformar a tua vida, atingir os teus sonhos, objectivos, missões e propósito de vida, vê aqui no site como te posso ajudar: as minhas consultas e terapias na secção CONSULTAS. Procura o curso, meditação e workshop que mais te faz sentido neste momento presente em APRENDER. Junta-te a mim nos eventos e retiros que apresento na secção EVENTOS e claro, harmoniza-te com a alimentação saudável através das receitas 100% Vegetais em RECEITAS. Tudo sempre para fazer vibrar a tua vibração interior.
Segue-me aqui nas redes sociais:
Instagram | Facebook | Youtube

Luz e amor,
Carina Barbosa

Destaque do Dia

By | 2020-09-15T16:33:47+00:00 Setembro 8th, 2017|Alma|0 Comments

Leave A Comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.